Make your own free website on Tripod.com

 

IBEJIS
(ERÊS)
 
C onta a lenda que os Ibejis são filhos paridos por Iansã e jogados nas águas. Osun os abraçou e os criou como se fosse seus filhos. Todas as casas de candomblé têm por obrigação cultuá-los e tratá-los bem.
Eles são confundidos por muitos como Orixás malucos, mas na verdade eles são crianças e como tais são muito difíceis de perdoar, pois são muito radicais. Eles exigem que cada um faça as coisas mais certas possíveis, o que faz com que as pessoas os temam.
O seu culto é obrigatório, assim como o de Essú, pois eles comandam as forças positivas das casas de candomblé.
 
Dizem os mais velhos que só existe uma pessoa feita em Ibeji no Brasil e está na Bahia. Na África os Ibejis são indispensáveis em todos os cultos, sempre. Eles são respeitados como Orixás de frente e estão sempre ao lado dos Orixás como a semente da fruta. Na África não precisa se esperar o dia 27 de setembro para comemorá-los, lá são cultuados no dia-a-dia como qualquer outro Orixá. Eles não perdem grande coisa, seus pedidos são pequenos, pois o mais importante para eles é serem lembrados e cultuados. O que o Orixá faz, os Erês podem desfazer, mas o que os Erês fazem nenhum Orixá desfaz. Eles se consideram os donos da verdade.

OBI

O Obi é uma noz de cola, um fruto de origem africana, que nasce em árvores que demoram de 7 a 8 anos para frutificar. É uma fruta sagrada, insubstituível. Sem ela não se faz nenhuma obrigação, nenhuma confirmação, nem para Essú, nem para os Orixás. Ela é necessária para confirmar obrigações feitas a nossa cabeça (bori), para dar comida aos Orixás, confirmar o Ibá (panela do Orixá ou assentamento do Orixá).

 
O mais importante do Obi é sua resposta de afir-mação se sua obrigação foi aceita. Ela também dá respostas quanto a casamentos e viagens, enfim, confirmações em gerais, que dependem de sim ou não. Para confirmações mais profundas é preciso fazer um curso de Ifá que chegue até Obí. É im-prescindível entender que dentro do Obí de quatro gomos, Obí Abatá, existe dois casais. O Pai de Santo deve reconhecer quais são os machos e