Make your own free website on Tripod.com

OSANYIN

 

Originário de Iraô, atualmente na Nigéria, não fazia parte dos 16 companheiros de Odùdùwa quando na chegada de Ifá. Patrono da vejetação rasteira, das folhas e de seus preparos, defensor da saúde, é a divindade das plantas medicinais e litúrgicas. Cada Orixá tem a sua folha, mas só Osanyin detém seus segredos. E sem as folhas e seus segredos não há axé, portanto sem ele nenhuma cerimônia é possivel.
Ele vive na floresta em companhia de Aroni, por isto as colheitas das flores devem ser feitas com extremo cuidado, sempre em lugar selvagem, onde as plantas crescem livremente. Deve-se estar em estado de pureza para esta colheita, abstendo-se de relações sexuais pelo menos três dias precedentes, indo a floresta durante a madrugada sem dirigir a palavra a ninguém. Além disso deve-se ter o cuidado de deixar no chão uma oferenda a Osanyin logo que se chega ao local. Osanyin usa uma cabaça chamada Igbá Osanyin. Fuma e bebe mel e pinga.
Osanyin também é um feiticeiro, por isso é representado por um pássaro chamado Eleyê, que reside na sua cabaça. As proprietárias do pássaro do poder são as feiticeiras. Ele carrega também sete lanças com um pássaro em cima da haste, o qual é seu mensageiro e voa para trazer-lhe notícias. Osanyin está extremamente ligado a Orunmilá, Senhor da Adivinhação. As relações, hoje cordiais e de franca colaboração, atravessaram no passado períodos de rivalidade. Algumas lendas refletem as lutas pela primazia e
 
pelo prestígio. Conta uma delas como Osanyin virou escravo de Orunmilá (Ifá).
Dizem que este último precisava de um escravo e mandou que o comprassem no mercado. Osanyin estava lá e foi o comprado. Na hora de começar o trabalho, Osanyin percebeu que ia cortar a erva que curava a febre, a erva que curava as dores de cabeça e outra que supria as cólicas.
"Na verdade, disse ele, não posso arrancar ervas tão necessárias". Orunmilá tomando conhecimento do fato, quis ver quais eram as ervas de tão grande valor. Convencido do valor do Osanyin decidiu que ele ficaria sempre ao seu lado durante as consultas.

As folhas de Osanyin veiculam o axé oculto, pois o verde é uma das qualidades do preto. As folhas e as plantas constituem a emanação direta do poder da terra fertilizada pela chuva. São como as escamas e as penas, que representam o procriado.
O sangue das folhas é um dos axésmais poderosos, que traz em si o poder do que nasce e do advêm.
OSANYIN existe em todas as folhas, por isso quando queimam as matas ele fica revoltado com o ser humano, que destrói a força da natureza, que é a cura de todas as doenças que existem e que vão existir.