Make your own free website on Tripod.com

QUADRO HISTÓRICO

(1) - O clã dos Daniel de Paula se inicia com o ojê Manoel, que teve vários filhos, dos quais destacamos: os alabá Eduardo, Antonio, Olegário (pai do alabá "Roxinho") e o alapini Pedro. O filho deste último, Balbino Daniel de Paula, não é ojê, pois foi iniciado no culto dos orixás no Axé Opo Afonja, por Maria Bibiniana do Espirito Santo, Mãe Senhora. Hoje é babalorixá e fundador do candomblé Axé Opo Aganju, na Bahia. É interessante notar que a maioria das mulheres com oiê em Egum são filhas-de santo de Balbino.

(2) - Os ojê Menoel Antonio Daniel de Paula e Joã o Boa Fama foram os fundadores do Agboulá

VERA CRUZ

(+/- 1905)

Babá Okulele

Alabá Serafim

MOCAMBO

(+/-1830)

Babá Olokotun

Alabá Marcos Pimentel

ENCARNAÇÃO

Babá Agboulá

Alabá João Dois Metros

Ojê Gregório

TUNTUN

Babá Olokotun

Alabá Marcos Teodoro

Pimentel (+1935)

Ojê(baxorun) Manoel Antonio

Daniel de Paula (1)

CORTA-BRAÇO

Alabá Opé

Ojê João Boa Fama

ILÊ AGBOULÁ (2)

(Amoreiras) (+/- 1940)

1º Alab´Eduardo Daniel de Paula

2º Alabá Antonio Daniel de Paula

(+1981)

Domingos (atual dirigente)

ILÊ OYÁ

1º Alabá (ojê ladê)

Olegário Daniel de Paula(+1972)

2º Alabá (ojê faboun)

"Roxinho"Daniel de Paula (atual)

OS ALAPINIS

1º Marcos Antonio Pimentel

2º Pedro Daniel de Paula

3º Deoscoredes Maximiniano dos

Santos "Mestre Didi" (atual)