Make your own free website on Tripod.com

 

EXÚ

Exu 1978 Obrigação de 7anos

 
Exu para uns, é um Orixá como todos outros, mas que raramente se tem notícia de alguém que seja seu filho, na maioria das vezes as pessoas desse Orixá na hora da feitura são consagradas a Ogun. Segundo a maioria dos pesquisadores, na África as pessoas consagradas a Exu são orgulhosas disso, mas no Brasil em virtude do sincretismo que fizeram de Exu com o Diabo, o mesmo não acontece as pessoas de Exu preferem ser de Ogun, para não serem discriminadas.

(Do livro "Lendas Africanas dos Orixás de Pierre Fatumbi Verger e Caribé" da Editora Corrupio)

EXU

Exu é o mais sutil e o mais astuto de todos os Orixás.

Ele aproveita-se de suas qualidades para provocar malentendidos e discussões entre as pessoas ou para preparar-lhe armadilhas. Ele pode fazer coisas extraordinárias como, por exemplo, carregar, numa peneira, o óleo que comprou no mercado, sem que este óleo se derrame desse estranho recipiente! Exu pode ter matado um pássaro ontem, com uma pedra que jogou hoje!

 

(Do livro "Os Nagôs e a Morte de Juana Elbein dos Santos da Editora Vozes Ltda.")

" Èsù é o princípio reparador do Sistema Nàgô. É o controlador rígido de todos os sacrifícios. Inspetor geral, segundo Idowu (1962); "oficial de polícia imparcial", segundo Abimbola (1969:393) que diz: "a ação de Èsù é a de... punir os contraventores, particularmente aqueles que negligenciaram fazer o sacrifício prescrito".

Èsù Yangí, segundo a história Atòrun dòrun Èsù, delega a dívida: o que foi introjetado por ele será restituido através dos ebós efetuados por todos os elementos procriados. A restituição é deslocada, é tranferida a um outro objeto ou a um outro ser com o qual o ofertante se identifica. Esse mecanismo, que consiste em transferir a um outro a restituição do àse absorvido, é fundamental para a compreensão dos rituais de oferenda e da dinâmica do sistema. A restituição transferida - a oferenda - é que permite manter a integridade de cada indivíduo; controlada por Èsù Elebo, ela permite ao Èsù acompanhante exercer sua função de princípio dinâmico, desenvolver e expandir a existência de cada indivíduo".

 

(Do livro "Ifá, Orixá do Destino do Mestre Itaomam da Ícone Editora Ltda)

Assim, com o devido respeito, começamos por saudar ao Imole Eshu :

Mo ju iba, Esu Oba Baba awon Esu ! Iba se, o !
Saudações, Eshu Senhor e Pai de todos os Eshus !
Que esta homenagem se cumpra !

E pedimos-lhe Ago / licença para citar o seu Orisirisi / Contos Imemoriais onde se fala de seus dezesseis maiores atributos, sobretudo ligados ao Culto de Ifá, e que são tão negligenciados hoje em dia até pelos seus El'esu / Sacerdote de Eshu!

Eis aqui seus maiores dezesseis títulos e suas correspondentes "qualidades", os quais sempre foram ligados aos 16 Odu / Fundamentos de Tradição dos Itan Ifa / Contos de Ifá de Ile Ife / a Cidade Santa de Ifé :

 

  1. Esu Yangi - o Senhor da Laterita Vermelha
  2. Esu Agba - o Senhor Ancestral
  3. Esu Igba Keta - o Senhor da Terceira Cabaça
  4. Esu Okoto - o Senhor do Caracol
  5. Esu Oba Baba Esu - o Rei e Pai de todos os Eshus
  6. Esu Odara - o Senhor da Felicidade
  7. Esu Osije - o Mensageiro Divino
  8. Esu Eleru - o Senhor da Obrigação Ritual
  9. Esu Enu Gbarijo - o Senhor da Boca Coletiva
  10. Esu Elegbara - o Senhor do Poder Mágico
  11. Esu Bara - o Senhor do Corpo
  12. Esu L'Onan - o Senhor dos Caminhos
  13. Esu Ol'Obe - o Senhor da Faca
  14. Esu El'Ebo - o Senhor das Oferendas
  15. Esu Alafia - o Senhor da Satisfação Pessoal
  16. Esu Oduso - o Vigia dos Odus

  ARQUÉTIPO

(do livro "Orixás-Pierre Fatumbi Verger-Editora Corrupio") - O arquétipo de Exu é muito comum em nossa sociedade, onde proliferam pessoas com caráter ambivalente, ao mesmo tempo boas e más, porém com inclinação para a maldade, o desatino, a obscenidade, a depravação e a corrupção. Pessoas que têm a arte de inspirar confiança e dela abusar, mas que apresentam, em contrapartida, a faculdade de inteligente compreensão dos problemas dos outros e a de dar ponderados conselhos, com tanto mais zelo quanto maior a recompensa esperada. As cogitações intelectuais enganadoras e as intrigas políticas lhes convêm particularmente e são, para elas, garantias de sucesso na vida.